domingo, 8 de fevereiro de 2009

Deixe

Deixe-me, me deixe sentir tudo o que quero, expressar o que vivo sem medo do seu olhar.

Deixa sentir a brisa me fazer menina e o vento me fazer mulher; esses mesmo ares fazerem o frio, o mais nobre arrepio com a chuva que vem molhar, me acariciar.

Deixe-me ver a blusa molhada ir ao ritmo da respiração, entrando em sintonia com a mente e a pele, livres e relaxados... Ver cada curva do meu corpo se encaixar no seu, o friozinho entre as pernas me faz sussurrar teu nome.

Simplesmente me deixe, não precisa se preocupar, só me deixe que eu sei me cuidar. Cada sorriso e cada olhar. Eu sinto, sinto malícia, sinto inocência, os olhos singelos e amáveis que pegam fogo ao fundo, eu sinto. Um gesto é um arrepio, um sussurro me faz derreter, suas mãos me fazem vibrar.

Deixe-me sentir seus cabelos por entre os dedos e cada veia pulsar o sangue que ferve, deixar a boca ocupada, os olhos cerrados, as pernas sem forças. A chuva ainda cai; ela celebra sem festa, sorri sem alegria e chora sem dor... Corre em harmonia com o suor dos corpos e a energia vil. Estamos vivos, latentes, quentes, explosivos. Só me deixe sentir isso, só me faça sentir você em mim!

Iris Ribeiro

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Te deixei um meme/desafio no meu blog
    ;D

    beeijos

    ResponderExcluir
  2. Já analisou bem uma canção?
    Eu já...

    ===================================
    Acesse: http://idjay-c.blogspot.com

    Descubra seu mundo!

    ResponderExcluir
  3. adoreii :D!!!

    indique vc pra ganhar um selo no meu blog!pega lá :D..bjus
    http://taynalu.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Eiii! vc ta sumido hein???

    Grande abraço!

    ResponderExcluir